Imagem reprodução

Está circulando nas Redes Sociais um vídeo (Clique Aqui) de um vendedor de abacaxi supostamente adicionando adoçante na fruta a ser vendida a clientes no município de Itapetinga. De acordo com as imagens, o vendedor descasca o abacaxi leva até a parte interna do veículo que é usado para transportar a fruta e adiciona uma substância, que supostamente seria adoçante. O flagrante foi feito na Avenida Itabuna, conhecido como Ponto Certo no município de Itapetinga.

O ato, se comprovado, o homem deverá responder por crime contra a saúde pública, é o que predomina a legislação brasileira, “corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância ou produto alimentício destinado a consumo, tornando-o nocivo à saúde ou reduzindo-lhe o valor nutritivo, com o objeto jurídico a saúde pública, que a pena para tal crime é reclusão de quatro a oito anos, e multa”.