Foto Divulgação

A secretária de Relações Institucionais (Serin), Cibele Carvalho, viajou para Brasília, na terça-feira (28), para apresentar aos deputados federais o novo procedimento no relacionamento entre Governo da Bahia e os parlamentares, no que se refere à execução de emendas impositivas feitas pela Bancada da Bahia e de emendas individuais. Também estiveram presentes o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e a coordenadora da Secretaria da Agricultura (Seagri), Sandra Carvalho, representando o secretário Lucas Teixeira.

A novidade é que a Secretaria de Relações Institucionais (Serin) centralizará todo o acompanhamento das emendas, com um sistema específico para facilitar a execução dos pagamentos e, assim, levar mais rápido os benefícios aos baianos. “Teremos condições de fornecer um espelho do que foi acertado e o patamar de execução das ações. O governador determinou a centralização para uma nova jornada nesta efetivação”, explicou Cibele. A secretária adiantou que trabalha uma programação de pagamento das emendas e entrará em contato com a bancada para repassar a previsão de pagamento no tempo mínimo possível.
Ainda de acordo com a titular da Serin, o acompanhamento será realizado a partir de um sistema implantado pela secretaria, desde 2007, e que têm dado certo no monitoramento das emendas dos deputados estaduais.. “A partir de agora, a Serin também fará esse acompanhamento, e usaremos o modelo sistêmico que tem surtido efeito para monitorar e agilizar a execução das emendas dos deputados estaduais. Ressalto ainda que temos a consciência do compromisso assumidos pelos deputados com suas bases e do papel dessas emendas para retroalimentar a política nas mesmas, por isso, a importância desse momento com todos vocês, onde o Governo da Bahia assume o compromisso de melhorar essa relação, dentro das normas legais”, afirmou.
Um dos principais destinos das emendas é a pasta da saúde. Fábio Vilas-Boas agradeceu o apoio que tem sido dado à saúde dos baianos ao destacar que a escolha dos deputados permitiu aumento significativo dos serviços de saúde no estado. Ele também falou sobre o monitoramento sistemático da Serin. “Não teremos mais a necessidade de peregrinação de deputados pelas secretarias. As respostas e o diálogo serão facilitados”, afirmou.
O líder do PCdoB na Câmara e coordenador da Bancada da Bahia, Daniel Almeida, falou sobre a importância desse fato para melhorar a relação dos parlamentares com o Governo do Estado. “Considero de grande significado para garantir os recursos do Governo Federal para as mais diversas áreas. Um debate amplo, tranquilo e harmonioso, com presença de deputados da base e da oposição unidos no objetivo de fortalecer o orçamento da União nas ações do estado da Bahia. A vinda de dois secretários aqui mostra que o governador Rui Costa valoriza o trabalho da Bancada e tem compromisso com a aplicação desses recursos”.
Os deputados parabenizaram a iniciativa e a presença dos secretários na segunda reunião da bancada. Eles aproveitaram as presenças para apresentar emendas a serem executadas. As tratativas seguem para que todas as indicações se traduzam em benefícios para a população.

_