Dono de 15,37 por cento dos votos para o Senado (mais de 1 milhão e 800 mil votos) nas últimas eleições, o deputado federal Antonio Lázaro Silva, o Irmão Lázaro, é mais um peso-pesado da política baiana que engrossa as fileiras do Partido da República (PR). O ato aconteceu na manhã desta sesta-feira (8), durante o primeiro dia da convenção do partido em Brasília com a presença de toda a cúpula da agremiação como os senadores Jorginho Mello e Alfredo Nascimento, o presidente nacional do PR Valdemar da Costa Neto, além de republicanos baianos como o deputado Vítor Bonfim e José Carlos Araújo, presidente estadual da sigla e José Rocha, líder da bancada nacional do partido na Câmara Federal. Irmão Lázaro classificou sua entrada no partido como “um ato de consciência, amor pela Bahia e respeito aos meus eleitores já que entro para um partido que tem uma história de luta pelo nosso estado e vem crescendo mais a cada dia.” Na convenção, que acontece até amanhã, serão escolhidos os novos dirigentes da executiva nacional e os 18 dirigentes estaduais e discutida a mudança do nome do partido que voltaria à sua origem e se chamar Partido Liberal – PL.