A população do município de Itapetinga está apreensiva com a votação do Projeto de Lei 017/2018, o novo Código Tributário Municipal – CTM enviado pelo Poder Executivo para a Câmara Municipal de Vereadores. Através das redes sociais e meios de comunicação, como também nas ruas, o assunto é o mais comentado. O novo CTM prevê a majoração dos impostos e taxas municipais, como o IPTU e a Contribuição de Iluminação.A rejeição a matéria é enorme na cidade. O prefeito Rodrigo Hagge (MDB) precisa do voto de oito vereadores para aprovar o código. Já sinalizaram a favor: Jair Saloes (MDB), João de Deus (MDB), Naara Duarte (DEM), Nailton Negueiro (PRB) e Sargento Alberto (PP); Contra: Diga Diga (PR), Gilmar Piritiba (PSD), Márcio Piu (PSC), Romildo Teixeira (PSL), Valdeir Chagas (PDT) e Valquirão (PR); Indecisos: Anderson da Nova (DEM), Fabiano Bahia (DEM) e José Antunes (PSC). O presidente da Casa Tarugão (MDB) é favorável ao novo Código, mas só vota em caso de empate.