O PSL retirou o apoio institucional a José Ronaldo (DEM) para apoiar o nome de João Henrique (PRTB) ao governo do estado. A decisão vem após uma indicação da executiva nacional do partido orientar os diretórios estaduais a apoiarem o PRTB em locais que o partido não tenha candidato a governador. Apesar da mudança institucional, quem caminha com Jair Bolsonaro (PSL) e a candidata a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) tem demonstrado resistência ao nome de João Henrique. Os laços entre PRTB e PSL se estreitaram mais nas últimas semanas. Além de firmarem aliança na proporcional ao lado de PHS e PPS, Alberto Pimentel (PSL) foi alocado para a vice de João Henrique. Dentro do PRTB, o apoio do partido de Bolsonaro está sendo festejado. A crença é que o nome do candidato ao Planalto pode alavancar a candidatura de João Henrique como “um boeing na pista pronto para decolar”.