O prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge (MDB), nega que esteja flertando com o governo Rui Costa. “Não tenho nenhuma conversa desse tipo até porque nós, na família, seguimos a linha do partido. Então, aguardo sempre que o MDB reúna sua executiva e a partir daí trilharemos o caminho que o partido orientar”, disse o prefeito em conversa com a imprensa no circuito do Campo Grande, na tarde deste domingo (11) de Carnaval. Hagge também negou que pense em deixar o partido. “Considerar sair, de forma alguma. Presenciamos, hoje, um desgaste não apenas do MDB, mas também de todos os partidos políticos. Se você pegar um histórico das pessoas envolvidas desde o mensalão até a Lava Jato, vai encontrar pessoas de diversos partidos políticos”, comparou Rodrigo Hagge e disse ainda. “Me sinto à vontade no MDB, não é porque componentes estavam envolvidos em alguma investigação que nós seremos contaminados com isso. O MDB tem CNPJ, as pessoas envolvidas têm CPFs, o partido é muito maior e muito mais forte do qualquer indivíduo”, defendeu.